5 MÚSICAS MELHORES QUE OUVIR “Rodízio de Japa por 24,99”

Eu costumo me viciar em algumas músicas semanalmente e pensei em compartilhar com vocês um pouco do meu gosto musical, (não estou dizendo que é bom) Segue meu top 5 dos últimos lançamentos:

  1. Shay Lia – Blue

Eu conheci a cantora através da faixa “Leave Me Alone”  do album 99,9% Kaytranada (o que pra mim foi um dos melhores de 2016). A questão é que a cantora/compositora de Montreal tem um potencial absurdo e a sua ultima faixa só reforça mais isso, a faixa “Blue” foi co-produzida por Kaytra e BADBADNOTGOOD de Toronto.

“A primeira vez que ouvi a demo, eu choreiHá uma mistura de emoção e estresse.” – Diz Shay Lia contou para The Fader

Escutem esse som:

 

2. Charles’ “Red Green Gold”

Charles é cantor e compositor, sabe aquela voz que te bagunça e arrepia? Então…
Apesar de novo no cenário musical seus vocais são ricos e sua identidade visual deslumbrante, ele é detalhista, sabe o que faz, e sabe é bom.

Como presente temos o clipe de “Red Green Gold”, cercado de mulheres ferozes, Charles  executa movimentos habilmente coreografados, vejam o vídeo:

 

 

3. Flora Matos – Preta de Quebrada

Mulheres que escrevem, gravam, dirigem e ainda editam! O instrumental é simples, mas fixa, a letra de Flora é forte e afetou muitas manas, a produção é da própria Flora, resultado? Essa música que eu escuto 093272365923 ao dia.

Ficha Técnica
Direção: Flora Matos, Filipe Rodrigues e Leo Pinotti
Imagens: Filipe Rodrigues
Edição: Flora Matos

4. Kendrick Lamar – Humble

Eu sou extremamente suspeita para falar sobre Kendrick Lamar, sou sua fã desde 2010, mas a forma como ele se reinventa realmente me impressiona muito, é sem dúvidas um dos maiores rappers dos últimos tempos, eu só espero que vocês não esperem ele morrer para assumir isso.

“HUMBLE” foi visto 10 milhões de vezes no dia em que foi lançado,  não se trata apenas de um  single do álbum “Damn” de Kendrick, a arte cinematográfica é sensacional, o Diretor de Fotografia Dave Meyers & the little homies é extremamente talentoso.

 

5. Frank Ocean, Jay Z and Tyler, the Creator  – “Biking”

Frank vive nas minhas playlists de sofrer dentro do transporte público, gostoso demais a voz desse menino, né? Essa faixa colaborativa de Frank Ocean conta com Tyler, the Creator e Jay-Z.

A música traz a sensação de possuir várias fases, não é apenas um R&B lento, logo no início temos algumas palavras de Jay-Z e conforme você vai escutando, entra no mundo do misterioso Frank.
A faixa surgiu após a apresentação de um novo trailer de Blonded 003 , que está agora disponível para assistir em seu site aqui.

Confira a Faixa:

FKA Twigs se une com a Nike para a campanha ‘Spring Zonal Strength Tights?’

Estava eu vendo meu feed do instagram quando me deparo com algumas publicações suspeitas indicando uma possível parceria de FKA Twigs com a Nike. Seu nome é Tahliah Debrett, e começou sua carreira lançando seu primeiro EP independente em 2012, impressionando a todos. A cantora de 28 anos é conhecida por sua música eclética, mas ela também tem feito uma marca na cena da dança, além de compositora e produtora musical.

Dona de uma identidade visual incrível, FKA pôde explorar todo o seu olhar e talento na colaboração, isso significa que além de aparecer na campanha, a mais nova embaixadora mulher da Nike é responsável por toda direção visual, além de produzir a música, também dirigiu e criou a coreografia do clipe “do you believe in more?” no qual ela e mais 12 atletas não convencionais  aparecem. O trabalho tem a sua cara refletindo todo o seu estilo “gritty meets ethereal”

Da dançarina Saskra Horton, do krump, ao campeão mundial de karatê Jay Kirton – para desafiar estereótipos sobre o que significa ser atlético.

“Para mim, eles representam o” movimento moderno “, que eu defino como explorando qualquer gênero de esporte sem fronteiras” – Disse Twigs.

Também foi confirmado que ” Trust in Me” é uma colaboração entre Twigs e Oneohtrix Point Nunca , FACT aponta .

 

Eu fiz a canção no filme da campanha, “Trust In Me”, antes que eu fui abordado sobre este projeto. Percebi que seria perfeito, porque as letras dizem, “Coloque sua confiança em mim.” De certa forma, estamos pedindo que as pessoas olhem para mim e para os outros atletas incríveis no vídeo e confiem no que somos. Trabalhamos duro para aperfeiçoar nossos ofícios e criar nossos próprios destinos, e estamos nos sentindo bem em nossos corpos.

 

 

Nos anúncios, desenhados por Matthew Josephs e filmados na Cidade do México, os modelos usam roupas da Nike com recortes e camadas, adornados com colares de metal, pulseiras rústicas, pintura metálica e, às vezes, jóias faciais.

 

É emocionante ter criado algo que é genuinamente por e sobre os jovens que trabalham duro, que são sensíveis, que abraçam tanto a sua força e suas vulnerabilidades, e que, juntos, sentem que eles podem ser bem sucedidos.

FKA Twigs Nike

As fotos são de David Uzochukwu OBS: ELE SÓ TEM 17 ANOS!

fka_twigs_group_photo_hd_1600

“Você acredita em mais?” Refere-se a uma menina que cresceu olhando diferente de todo mundo em volta de mim, que queria fazer coisas que ninguém mais queria fazer

Eu queria fazer mais com a minha vida. Eu queria fazer tudo.

 

O Clipe que FKA twigs participou e dirigiu.

Precisamos falar de Nneka Egbuna!

Descobrir Nneka Egbuna foi maravilhoso, sem dúvida alguma. Sabe aquela sensação de “Porque eu não descobri essa mulher antes?” pois é, e que mulher, mas não deixou de ser uma descoberta gostosa. Estou me deliciando até agora escutando Kangpe.

Chamada de “a nova Lauryn Hill” pelo “La Marseillaise”. A cantora é formada em antropologia, sua carreira musical surgiu só depois.Filha de pai nigeriano e mãe alemã, seu cabelo black power frisa sua cultura africana, na qual ela faz questão de se afirmar “mais africana que européia” e transporta isso muito bem pra sua música.

Suas músicas não são apenas sobre questões pessoais, engajada em falar sobre problemas sociais e políticos da África, principalmente sobre sua terra natal que é a Nigéria, uma das causas que Nneka mais discute em sua música é o conflito na região do Delta do Níger (local que sofre exploração abusiva de petróleo) – território que grupos guerrilheiros reivindicam a separação do resto do país, e diz: “O que acontece ao meu redor e as pessoas com as quais convivo são minha grande inspiração”

Seu som é uma mescla de Reggae, rap, jazz, funk, trip hop, soul e afrobeat que é um ritmo tipico da Nigéria, criado por Fela Kuti, uma de suas maiores influências, assim como Bob Marley, Erykah Badu e rappers como Mos Def, Lauryn hill e Talib Kweli.

“Fela Kuti é uma grande inspiração para todos os nigerianos. Ele e sua luta pela democracia e pela liberdade artística”, diz. “Fela é o rei do afrobeat; um dos pais da música africana. Ele era capaz de exprimir as vontades do povo.”

O disco “Victim of Truth”  é maravilhoso, e o álbum “No Longer at Ease”eu realmente fiquei encantada com a faixa “Come with me” e a ” My love, my love”sua voz é ótima e com muita personalidade, você vê até uma maturidade maior da cantora nesse segundo álbum e sem falar que o produtor da obra foi o francês Jean Lamoot.

Enfim, Nneka é uma sobreposição de coisas que à tornam tão especial, única e singular.

Fiquem com seu som: